Juri de Seleção para o 2° Salão de Outono da América Latina

Juri de Seleção para o 2° Salão de Outono da América Latina

Ângela Barbour –Artista plástica, nasceu , vive e trabalha em São Paulo. Doutora em Artes pela UNICAMP, Mestre em Artes pela USP. Diretora da Galeria Marta Traba da Fundação Memorial da América Latina, onde desenvolveu Metodologia de Produção de Imagens Táteis para Deficientes Visuais, tendo um de seus trabalhos sido incorporado ao Museu do Louvre. Na base de seu trabalho estão o desenho e a gravura, sendo sua atual produção em intervenções e performances, e a pesquisa e  registros destas em fotografias, vídeos e cadernos de artista. Já mostrou seu trabalho na Alemanha, Argentina, Brasil, Cuba, Itália, França, Peru, Portugal, Romênia e Venezuela.

Cássio Lázaro –Escultor com larga experiência em diversas técnicas tridimensionais. Participou de 17 Exposições Individuais, 21 coletivas e 5 prêmios, sendo o mais importante deles o da Bienal de São Paulo em 1973. Atualmente é também diretor da APAP.

Cirton Genaro –Artista natural de Martinópolis, São Paulo. Estudou pintura nos anos sessenta com Jorge Kopecny. É formado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Presidente Prudente, Núcleo da Universidade de São Paulo – USP. Foi professor do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo por mais de vinte anos. Em 1990 Presidiu o VIII Salão de Arte Contemporânea do Estado de São Paulo, na Fundação Bienal Internacional de São Paulo. Participou do júri do Salão Paulista e o Mapa Cultural Paulista. Atual Vice-Presidente da APAP-SP Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo

Claude Martin Vaskou –Ex-diplomata francês é colecionador de pintura e escultura brasileira, de esculturas pré-hispânicas, de arte suméria, de arte russa, entre outros. Desde 2006, consagra-se tempo integral à Arte com o objetivo a promoção da pintura e escultura brasileiras e latino-americanas. Seu envolvimento com as Artes Plásticas deu inicio em 1968; desde então, o seu contato com a arte é intenso. Recebeu o título de “Officier” da Ordem do Mérito da França e também, o título de Cavalheiro da Ordem do Mérito Civil Espanhol. Viveu em dez países: três na América Latina, quatro no Oriente Médio e três na Europa, visitou mais de cinquenta países durante a sua vida profissional. Idealizador da Exposição “ D’une rive à l’autre” –Esculturas da França e do Brasil nas coleções brasileiras; exposição esta chancelada pelo comitê misto franco-brasileiro, por ocasião do Ano da França no Brasil em 2009. Responsável e coordenador do processo de doação da Escultura de Victor Brecheret “A portadora de Perfume” instalada no jardim do Presidente do Senado Francês- no Jardim de Luxemburgo- desde outubro de 2010. Idealizador da exposição “Walter Lewy,Mestre do Surrealismo no Brasil” que aconteceu em agosto 2013, na Fundação Nemirovsky em São Paulo, detentor dos direitos autorais sobre a obra do artista, e produtor do filme/documentario sobre o mesmo. Desde 2008 é responsável pela curadoria de diversas exposições na Europa de artistas brasileiros e sul-americanos, sendo responsável também pelas delegações de pintores brasileiros no Salon d’Automne de Paris. Nomeado em 2009 como membro do Comitê Internacional do Salon d’Automne de Paris, encarregado da América Latina. Idealizador, ao lado de Eliana Minillo do Salão de Outono da América Latina e Presidente do Conselho de Administração do Salon d’Automne França-Brasil desde a sua fundação, em 2010.

Eliana Minillo –Artista natural de São Paulo é licenciada em Educação Artistica pela FAAP e sendo na época assistente do Curso de Gravura desta mesma fundação. Participou em 1983 do projeto de mural Anglo-brasileiro (sob a direção do muralista britânico Walter Kershaw).Em 1990 foi responsavel pela coordenação de curso ministrado no Centro Cultural São Paulo. Foi responsavel pela concepção e projeto para a sala multimídia «Academie» do Grupo ACCOR- Brasil, realizado em 2006. Desde 2007 é responsavel pela pesquisa, documentação e catalogação da obra do artista alemão Walter Lewy, sendo cooautora do filme/documentario sobre o artista. Duas vezes premiada no Salon d’Automne de Paris, em 2008- 1°Prêmio de Pintura, e em 2010- Prêmio Géant des Beaux Arts. Recebeu Menção Honrososa na 1° e 2° Bienal do Egito em 2009 e 2011, respectivamente; Menção Honrosa no Salon d’Automne de Ryiad em 2010. Selecionada pelo comitê russo para participar, durante as comemorações do Ano da França na Rússia em 2010, da edição comemorativa do Salão de Outono em Moscou. Em 2011, integra a exposição « Salon d’Automne- L’ART MODERNE DU XX° SIÈCLE»-de Renoir à David Hamilton ; por ocasião do lançamento do livro de autoria de Noël Coret, presidente do Salon d’Automne de Paris. Unica artista representante da América do Sul convidada pela rede de televisão Al Jazeera em Doha, Qatar, juntamente com outros 14 artistas de renome internacional para participar do Simpósio sobre a Liberdade em 2011. Em 2012 realizou exposição individual na Maison d’Amérique Latine de Mônaco. E membro da Fundação Taylor Paris e da Société du Salon d’Automne de Paris. Idealizadora, ao lado de Claude Martin Vaskou, do Salão de Outono da América Latina.

Noël Coret –Com formação em Sociologia, História da Arte e Jornalismo (Bruxelas), assumiu a função de Conservador do Museu de Lagny depois de 1989. Escritor de Arte e Curador de inúmeras exposições internacionais, Noël Coret vêm trabalhando exaustivamente em favor da preservação do patrimônio artístico francês. Especialista em « Escola de Paris », publicou diversos artigos e livros (grande parte dessas publicações esgotadas), destacando-se « Salon d’Automne : 1903-2003, l’Art en effervescence » Edição de Arte Casta Diva, março 2004 (Prefácio de Jacques Chirac, Presidente da República Francesa). Foi Diretor Artístico do Festival Jean de La Fontaine em 1995. Foi também Comissário de importantes exposições na França: Musées des Beaux-Arts de Soissons, Lagny, Meaux e Pontoise. E, no exterior: na Suiça, no Musée d’Art Moderne du Petit Palais de Genève sendo também conselheiro artístico deste Museu. Na Califórnia, Carmel by the See, New Renaissance Galleries e, no Canadá, no Musée de l’Alberta-Edmonton , entre tantos outros. Presidente do Salon d’Automne de Paris desde 2003, Noël Coret promoveu uma renovação desta conhecida sociedade de artistas, abrindo as portas do Salon d’Automne à outros países, lançando este Salon novamente no Calendário das Artes da França.

Walter Miranda –Exerce a profissão de artista plástico desde 1976, tendo participado de 54 salões de arte (obtendo 16 prêmios), 89 exposições coletivas e 17 individuais, tendo sido homenageado duas vezes por sua atividade profissional. É membro de júri em salões de arte no Estado de São Paulo desde 1987. Entre 1986/88 foi Presidente da Associação Pré–sindical de Artistas Plásticos de São Paulo. Foi membro da CAP – Comissão de Artes Plásticas da Secretaria Estadual de Cultura do Estado de São Paulo no período de 1988/92. Foi presidente fundador do SINAPESP – Sindicato dos Artistas Plásticos do Estado de São Paulo entre 1989/91. Foi Presidente e Secretário Executivo do Comitê Nacional Brasileiro para a AIAP/UNESCO. Foi diretor da APAP-SP – Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo 2002/03. E foi eleito tesoureiro da APAP-SP Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo por três gestões consecutivas2003/12. Atual presidente da APAP-SP Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo.

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.