Discurso de Abertura do 2° Salão de Outono da América Latina


Claude Martin Vaskou e Eliana Minillo, curadores do 2° SOAL
foto de Mario Giuseppe Melchiori Melk

 
DISCURSO DE ABERTURA SOAL 2014

SENHOR PRESIDENTE DEL MEMORIAL DE AMERICA LATINA ,SENHOR ASSESSOR DO GOVERNADOR,SENHOR REPRESENTANTE DO SECRETARIO DA CULTURA DO ESTADO, EXCELENTÍSSIMAS SENHORAS CONSUL DE FRANÇA E DO URUGUAY, CAROS AMIGOS ARTISTAS , SENHORAS, SENHORES, É COM UM IMENSO PRAZER QUE ELIANA MINILLO E EU MESMO, INAUGURAMOS ESTA SEGUNDA EDIÇÃO DO SALÃO DE OUTONO DA AMERICA LATINA:

A PRIMEIRA EDIÇÃO DO SALÃO FOI UM GRANDE SUCESSO NO MEIO ARTÍSTICO, E  ESTE EVENTO SE REGISTROU NATURALMENTE NO CENÁRIO CULTURAL DE SÃO PAULO. SEU OBJETIVO PRINCIPAL  FOI ATENDIDO;  FAZER CONHECER AO PUBLICO NOVOS TALENTOS IGNORADOS PELO CIRCUITOS COMERCIAIS.  COLECIONADORES E GALERISTAS TIVERAM  CONTATOS FRUTUOSOS,  COM MAIS DE 20 ARTISTAS DO SALÃO. NOSSO SALÃO TEM O APOIO DE MAIS DE 1500 ARTISTAS DO MUNDO INTEIRO, REGISTRADOS  EM NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK. NO ANO PASSADO, A ALIANÇA FRANCESA DE SÃO PAULO, EMPRESTOU  SUA GALERIA L’OEIL  PARA O PRIMEIRO SOAL, SOBRENOME QUE SE DIO PARA SALAO DE AMERICA LATINA SOMOS MUITO GRATOS  PELA HOSPITALIDADE E APOIO,  ASSIM COMO OS PATROCINADORES E INSTITUIÇÕES QUE NOS APOIARAM,  EM  PARTICULAR AS EMBAIXADAS DE FRANCA E DE URUGUAY,  A CCFB,  AUTVIS E A SECRETARIA  DE CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO, E OBVIAMENTE O SALON D’AUTOMNE DE PARIS.

FAZ UM ANO,  DOIS DIAS DEPOIS DO VERNISSAGE DO PRIMEIRO SALÃO, FOMOS RECEBIDOS, JUNTAMENTE  COM NOEL CORET, PRESIDENTE DO SALON D’AUTOMNE DE PARIS, PELO PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO MEMORIAL DE AMERICA LATINA,  JOÃO BATISTA DE ANDRADE.  NOS PROPÔS ORGANIZAR NOSSO EVENTO NA GALERIA MARTA TRABA EM 2014, E ESTUDAR UM PARCERIA DE LONGA DURAÇÃO  COM NOSSA ASSOCIAÇÃO SALON D’AUTOMNE FRANCA-BRASIL  JÁ QUE TEMOS UM OBJETIVO COMUM: PROMOVER  O INTERCÂMBIO ENTRE OS PAÍSES DA AMERICA LATINA,  E TAMBÉM VIABILIZAR AS  RELAÇÕES CULTURAIS COM PAÍSES DE TODA O PLANETA. ACEITAMOS DE IMEDIATO ESTA OFERTA COM GRATIDÃO, ASSIM COMO SOMOS GRATOS A   JOÃO CARLOS DE SOUZA MEIRELLES, QUE PROMOVEU ESTE ENCONTRO. HOJE, GRACAS A ELES, PODEMOS DAR AS BOAS-VINDAS, AOS ARTISTAS DE 18  NACIONALIDADES, SELECIONADOS PELO NOSSO JURI. BOAS-VINDAS EM ESPECIAL AOS ARTISTAS PRESENTES, E EM PARTICULAR AOS QUE VIERAM DE TÃO LONGE: JAPÃO, ITÁLIA, MARROCOS, ARGENTINA, URUGUAY, CUBA.

AGRADECEMOS A PRESENÇA DE VOCÊS. O SOAL É UM SALÃO IRMÃO DO SALON D’AUTOMNE DE PARIS QUE FESTEJA SEU 111° ANIVERSARIO. O SOAL  SEGUE OS PRINCÍPIOS FUNDADORES DO SALON DE PARIS: A DEFESA  DA DIVERSIDADE DA EXPRESSÃO ARTÍSTICA, A NÃO HIERARQUIZAÇÃO DAS   CATEGORIAS DE ARTE OU DE CORRENTES ARTÍSTICAS, A ARTE SEM DISCRIMINAÇÃO, A ARTE EM LIBERDADE  E, SOBRETUDO,  A FRATERNIDADE DAS ARTES E DOS ARTISTAS.

É COM ESTE ESPIRITO, QUE FIZEMOS, ELIANA E EU NOSSA CURADORIA. PREZANDO ESSENCIALMENTE  O DIALOGO ENTRE AS OBRAS INDEPENDENTE DA CATEGORIAL PELA QUAL O ARTISTA TENHA SIDO SELECIONADO. NO CURSO DA  HISTORIA DO SECULO XX, OS INTERCÂMBIOS CULTURAIS ENTRE FRANCA E BRASIL  FORAM MÚLTIPLOS E ENRIQUECEDORES. DE SUA PARTE, O SALON D’AUTOMNE DE PARIS RECEBEU NUMEROSOS ARTISTAS DA AMERICANA LATINA. ASSIM COMO, CADA EDIÇÃO DO SOAL, DESEJAMOS  PRESERVAR ESTAS RELAÇÕES  MAIS QUE CENTENÁRIAS. É COM ESTE PROPÓSITO, QUE QUE RECORDAMOS NO MÓDULO HISTÓRICO DE NOSSA EXPOSIÇÃO, A PASSAGEM PELA FRANÇA E PELO SALON D’AUTOMNE DE PARIS, DE UM GRANDE ARTISTA BRASILEIRO, CANDIDO PORTINARI.

EM 1947, O SALON D’AUTOMNE  ORGANIZOU UMA EXPOSIÇÃO DE PINTORES BRASILEIROS NO  GRAND PALAIS.  CONTANDO COM A PRESENÇA DE  PORTINARI, QUE APRESENTOU TRÊS OBRAS, EXPÕEM TAMBÉ ANTONIO BANDEIRA , BERNARDELLI  , CESCHIATTI,GUIGNARD, PEDROSA, ELYSEO VISCONTI,DJANIRA. COINCIDÊNCIA, SIGNO DO DESTINO, ONTEM  67 ANOS DEPOIS, CANDIDO PORTINARI ESTA DE VOLTA AO GRAN PALAIS COM A APRESENTAÇÃO DE SUA OBRA MAIOR:  “GUERRA E PAZ” , OS IMENSOS PAINÉIS DA SEDE DA ONU EM NOVA YORK, QUE TIVEMOS O PRIVILÉGIO DE ADMIRAR AQUI MESMO, NESTE SALÃO DE ATOS, HÁ DOIS ANOS.

PORÉM, PORTINARI ESTÁ PRESENTE HOJE COM A GENTE .

É UMA HONRA  INAUGURAR  NOSSO 2° SALÃO AO LADO DE UMA DE SUAS OBRAS MAIS IMPORTANTES, O PAINEL TIRADENTES, EMBLEMA DA CONQUISTA DA LIBERDADE.

PARA TERMINAR, E ANTES DA CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO, GOSTARIA NOVAMENTE DE AGRADECER AO PRESIDENTE DO MEMORIAL,AO DIRETOR DE ATIVIDADES CULTURAIS, FELIPE MACEDO E, A GALERIA MARTA TRABA CUJA DIRETORA, ANGELA BARBOUR FEZ FOGO DE TODO SEU TALENTO DIPLOMÁTICO E ARTÍSTICO PARA QUE ESTE EVENTO SEJA UMA REALIDADE, MEU OBRIGADO A SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA, QUE APROVOU MAIS UMA VEZ NOSSO PROJETO PARA CAPTAÇÃO.

MEU SINCERO OBRIGADO, A  ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DOS ARTISTAS PLÁSTICOS  ATRAVÉS DE SEU PRESIDENTE WALTER MIRANDA,E SEU CONSELHO, AO JURADOS DE SELEÇÃO E DE PREMIAÇÃO E EM PARTICIPAR AR AO PROFESSOR NICOLAS VLAVIANOS QUE FOI ALUNO EM PARIS DO FAMOSO OSSIP ZADKINE, PREMIADO NO SALON D’AUTOMNE DE PARIS.

OBRIGADO A TODOS OS QUE ACREDITARAM EM NOSSA AVENTURA, A NOSSAS REPRESENTANTES NA ARGENTINA, NO URUGUAY E A TODOS OS QUE NOS APOIARAM.

OBRIGADO A NOEL CORET, PRESIDENTE DO SALON D’AUTOMNE E PRESIDENTE DO SALON D’AUTOMNE INTERNATIONAL POR SEU FRATERNAL APOIO.

OBRIGADO ENFIM A ELIANA MINILLO, QUE NÃO POUPOU SUA ENERGIA E SEU TEMPO PARA ORGANIZAR ESSE SALÃO ELA O FEZ POR AMOR A ARTE E AOS ARTISTA .

ELA É A MUSA, A ANIMADORA DE NOSSA REDE E A QUE FAZ REALMENTE ACONTECER AS COISAS;

OBRIGADO ELIANA OBRIGADO


foto de Sandra Lozano

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.